Prepare-se para um dos momentos mais importantes da sua vida

Com o EPI-NO você fortalece a musculatura do seu assoalho pélvico, aumentando suas chances de ter um parto mais tranquilo, sem episiotomia e uma melhor recuperação.

Controle da Bexiga

Controle da Bexiga

Assistência do parto ao pós-parto

Assistência do parto ao pós-parto

Força e elasticidade pélvica

Força e elasticidade pélvica

Bem Estar Íntimo

Bem Estar Íntimo

Assoalho pélvico na gravidez

Um assoalho pélvico fortalecido pode proporcionar diversos benefícios para as futuras mamães, entre eles:

Familiarize-se com o Parto

O treinamento do assoalho pélvico com o EPI-NO simula o período expulsivo que ocorre durante parto normal.

Combate à Incontinência

Ajuda a prevenir e combater a incontinência urinária durante e após a gravidez.

Menos Dor na Gravidez

Proporciona mais equilíbrio e maior estabilidade na região lombar, evitando dores.

Tranquilidade no Pós-Parto

Auxilia na recuperação do períneo após o nascimento do bebê por parto normal.

Dados Relevantes

0 %

Incontinência na Gravidez

Metade das mulheres tem alguma perda de urina em alguma fase da gestação.

0 %

Dor no Parto

71% das gestantes que têm parto normal precisam de analgésicos para aguentar a dor do parto.

0 x

Incontinência Pós-Parto

As mulheres que sofrem de incontinência durante o parto têm 6x mais chance de terem novamente no pós-parto.

0 %

Episiotomia

53,5% das gestantes que têm parto normal no Brasil são submetidas à episiotomia.

*Todas as informações são retiradas de estudos científicos. Clique aqui para acessá-los.

Praticar exercícios que fortalecem o assoalho pélvico é a forma mais fácil, eficiente e natural de se preparar para um parto vaginal.

Conheça o EPI-NO, a melhor forma de exercitar o assoalho pélvico

Com EPI-NO, você fortalece sua musculatura pélvica no conforto da sua casa e com exercícios simples.

Melhor Recuperação

Com o EPI-NO, além de treinar para o parto, você está preparando o seu corpo para uma recuperação mais rápida.

Menos Dor

Além de reduzir as chances de ter uma episiotomia e de um rasgo perineal, o uso do EPI-NO diminui pela metade a necessidade de analgésicos durante o parto.

Mais Tranquilidade

O EPI-NO ajuda as futuras mamães a se familiarizarem com a sensação do parto, reduzindo a ansiedade neste momento tão esperado.

*Todas as informações são retiradas de estudos científicos. Clique aqui para acessá-los.

Veja o que as pessoas que conhecem o EPI-NO têm a dizer

  • Comecei a usar o EPI-NO a partir de 36,5 semanas e usei ele rotineiramente de manhã e à noite até meu parto, na 41,5 semana. Infelizmente, os médicos que encontrei não tinham ideia do EPI-NO, o que é triste, porque poderia salvar muitas mulheres de intervenções desnecessárias e de recuperação traumática. Obrigado!

    Irina Montreal, QC
  • Além de seu uso no pré-natal, eu achei o EPI-NO extremamente útil para melhorar a capacidade do paciente de realizar exercícios de Kegel pós-parto - outra intervenção que mostrou reduzir o risco de incontinência pós-parto. Eu recomendo a todos os meus pacientes que estão planejando o parto vaginal e que desejam minimizar o trauma perineal e maximizar o retorno à função normal do assoalho pélvico.

    Dr. Jon Barrett Chefe de Medicina Materna e Fetal do Hospital Sunnybrook, Toronto, ON
  • O treinamento pré-nascimento com EPI-NO é atualmente o método mais eficaz para evitar rasgar o paciente durante o parto.

    Dr. Eugen Ruckhäberle Klinikum Rechts der Isar, Munique, Alemanhã
  • Tive gêmeos. E se não fosse o EPI-NO ainda estaria na maternidade me recuperando. Foi uma experiência única. Quero ter mais uma menina.

    Carla Maria Mamãe do Lucas e do Gabriel
  • O parto foi normal. Fiquei com bolsa rota por dois dias e precisei ser internada para induzir. Não utilizei analgesia, escolhi a posição de cócoras e não tive laceração.

    Ludimila fonoaudióloga, 29 ano
  • Aqui no meu consultório utilizo ele sempre, pois é uma ferramenta realmente maravilhosa, na qual os estudos e a minha prática clínica estão mostrando cada vez mais sua eficácia.

    Ruth Pires Fisioterapêuta Pélvica
  • É incrível ver a diferença de confiança da mulher no momento do parto por ter treinado o alongamento de sua musculatura com o epi-no. Mesmo realizando poucas sessões o períneo tolera muito melhor o estiramento no momento expulsivo e a recuperação das minhas pacientes é muito melhor.

    Ana Cristina Gehring
  • Claro que não ter laceração foi ótimo, a recuperação ficou melhor e mais fácil: nem parecia que eu havia parido. A vida sexual no pós-parto também deverá ser mais fácil do que no primeiro parto, quando fiquei com um certo receio, por causa da cicatriz e dos pontos… Ficou tudo um pouco mais sensível e apertado, eu precisei me acostumar com meu novo corpo. Dessa vez minha libido já voltou com tudo e não estou com nenhum receio: sinto como se nada tivesse mudado com o parto, fisicamente falando. Recomendo muito a massagem e o Epi-no, mas acho que o aparelho faz a diferença.

    Lúcia fotógrafa, 27 anos
  • O corpo humano atinge sua eficiência máxima em qualquer atividade física quando devidamente treinado e preparado. O parto não é exceção.

    Dr. Wilhelm Horkel Starnberg Alemanha (inventor do EPI-NO)
  • Meu nome é Kathy e eu sou parteira em Ontário. Ouvi falar do Epi-no através de uma cliente e pensei: "que produto incrível"! Eu usei o Epi-no na preparação para os meus dois partos. Não só tive uma ótima recuperação, como também não precisei de pontos. Isso permitiu que eu me concentrasse em cuidar do meu bebê e não do meu corpo. Fiquei surpresa com o quanto me senti preparada para o parto. Não só fisicamente, mas mentalmente também. Eu amo o fato de que este produto também pode ser usado no pós-parto, por muitos anos, para fortalecer o assoalho pélvico. Eu recomendo o Epi-no para quem gostaria de aumentar sua chance de ter um parto vaginal, reduzir sua chance de laceração e fortalecer seu períneo.

    Kathy Parteira em Ontário

EPI-NO na Mídia

Sinta a tranquilidade de estar preparada para o seu parto

É fundamental que o dispositivo EPI-NO seja utilizado sob acompanhamento de um médico ou fisioterapeuta, uma vez que, devido à musculatura da região perineal ser mais sensível, os exercícios realizados devem seguir protocolo clínico de acordo com a necessidade de cada paciente. Assim você garante que terá seus resultados desejados de uma maneira ainda mais rápida e segura!