qUEM RECOMENDa O EPI-NO?

Fisioterapeutas em todo o Brasil recomendam o uso de EPI-NO. Conheça melhor eles: 

Mônica Lopes

Clínica Salutaire

“O que mais gosto no Epi-No é a possibilidade de fornecer a gestante a percepção de um alongamento que remete ao círculo de fogo do período expulsivo do parto. Com isso, a gestante fica mais segura e sabe o que esperar. Muitas me dizem que lembraram dele nesse período e ficaram confiantes da capacidade de alongamento de sua musculatura pélvica através da fisioterapia em obstetrícia e também da utilização do Epi-No.”

Sabrina Mattos Baracho

Clínica Sabrina Baracho Fisioterapia

“Utilizo o equipamento desde 2012, quando testei em mim mesma, grávida da minha primeira filha. Sabemos, pelas evidências científicas mais atuais, que ele não é capaz de prevenir traumas perineais da forma como foi preconizado o uso, que é com a gestante usando sozinha, sem supervisão profissional e chegando ao limiar de desconforto ao insuflar. Como fisioterapeuta, vejo vários problemas em usá-lo dessa forma, não me causando surpresa que os estudos não tenham visto resultados positivos na prevenção de traumas. Hoje, na minha prática, utilizo não com esse protocolo e com esse objetivo, mas com a intenção de dar à mulher a oportunidade de aprender a relaxar a  musculatura enquanto tem  a sensação de alongamento que o balão proporciona.  Quando bem utilizado, vejo que aumenta a segurança da mulher. Precisamos avançar nos estudos científicos com intervenções conduzidas por fisioterapeutas.”

Miriam R. Diniz Zanetti

Universidade Federal de São Paulo

“Comecei a trabalhar com o Epino durante meu doutorado (2006), e por não ser comercializado no Brasil naquele momento, recebi algumas amostras da fábrica na Alemanha. Desde o primeiro uso, achei um produto inovador e muito importante para as mulheres conhecerem. A utilização do Epino na gestação, na minha opinião além de melhorar a flexibilidade do assoalho pélvico e períneo, oportuniza que a mulher perceba como deve ser o momento de expulsão no parto. Para mim é uma ferramenta que favorece o preparo físico e emocional para o parto.”

Rosana Dantas

Fisiogestantes

“O preparo perineal por meio da Massagem Perineal e uso do EPINO apresentam resultados positivos na redução de taxas de episiotomia e lacerações durante o parto vaginal.Os relatos de parto das minhas mamães são muito favoráveis em questão do ganho de consciência corporal através das sessões com o uso do EpiNo na fisioterapia pélvica aonde trabalho posturas como vivência do parto, nas posições semi-sentada, posição lateral, quatro apoios, de pé e baqueta e através dessa vivência elas ganham conhecimento do seu corpo e empoderamento para saber como será na hora de parir!”

Dr Roberto Buenfil de Faria

Clínica Gravidez Saudável

“Nós aqui da Clínica Gravidez Saudável em São Paulo temos experiência com SUCESSO no uso do Epi-No para o treinamento e preparação ao Parto Normal há 6 anos aproximadamente.

Somos adeptos ao Parto Normal Humanizado que engloba uma equipe multiprofissional com médico obstetra e a fisioterapeuta obstétrica.

A utilização do Epi-No associada à massagem perineal realizada durante o pré-natal tem contribuído de modo significativo para se obter um parto normal com menos lesões, traumas e lacerações da vagina e do períneo (menor rotura perineal)  chegando até obter-se períneo íntegro após alguns partos.

O Epi-No reduz consideravelmente a necessidade de se realizar a Episiotomia (corte no períneo) para a saída do bebê.

Sem dúvida alguma é um grande avanço para facilitar o SUCESSO, bom resultado e satisfação no parto vaginal.”

Posso ajudar em Algo?